[Skip to Content]
Countries

Find local office

Visit local website

Acerca de Hempel

A Hempel, empresa global de revestimento e tintas continuou a acelerar a execução de sua estratégia “Journey to Excellence” em 2016.

O Presidente e CEO do Grupo Hempel, Henrik Andersen, ingressou na Hempel em 2016. Ele comentou: "Nosso planejamento estratégico foi totalmente endossado pela novo Conselho de Administração Executivo  e pelo Conselho de Administração. Nosso objetivo continua sendo crescer mais rápido que o mercado e manter a lucratividade em linha com nossos pares, melhorando o foco nos clientes. Para conseguir isso, estamos fortalecendo nossas bases na Hempel para acelerar o crescimento nos próximos anos ".

As condições macroeconômicas cada vez mais incertas em muitos setores, como o Petróleo e Gás e Marítimo, afetaram os clientes da Hempel em 2016, o que, por sua vez, afetou o desempenho geral da Hempel. O volume de negócios atingiu 1.424 milhões de euros, o que corresponde a um crescimento orgânico negativo de 4.5 por cento.

Apesar disso, a Hempel manteve uma sólida margem de lucro, com uma margem EBITDA de 13,2 por cento, equivalente a 188 milhões de euros, muito impulsionada pelas iniciativas operacionais da estratégia “Journey to Excellence” da Hempel. Ao mesmo tempo, o fluxo de caixa e capital de giro da Hempel em 2016 foi o melhor em mais de 10 anos.

Henrik Andersen comentou: "Continuamos fiéis às nossas prioridades operacionais definidas no início do ano; aumentar a geração de caixa de nossas operações, manter e aumentar a lucratividade e investir na fundação do crescimento futuro da Hempel".

Em agosto, questões de conformidade envolvendo práticas inadequadas foram descobertas no escritório da Hempel na Alemanha. A Hempel lamenta profundamente que, em alguns casos, suas regras internas tenham sido negligenciadas deliberadamente e tenham ocorrido práticas não conformes.

O Conselho de Administração e o Conselho de Administração Executivo tomaram imediatamente o controle da situação na Alemanha e as práticas inadequadas foram imediatamente interrompidas. Uma investigação interna foi lançada e concluída, e as medidas disciplinares apropriadas tomadas. Sete funcionários da Hempel Alemanha foram despedidos por negligência grave no desempenho das suas funções. A Hempel aguarda agora o resultado da investigação pelas autoridades alemãs.

Como consequência das práticas inadequadas descobertas na Alemanha, o Conselho de Administração e o Conselho de Administração Executivo  iniciaram proativamente investigações de conformidade em outras jurisdições relevantes do mundo inteiro no Grupo Hempel com a assistência de consultores externos das áreas de auditoria e jurídica.

Henrik Andersen comentou: "Lamento anunciar que, além dos sete funcionários na Alemanha, também tivemos que nos reorganizar em outras jurisdições e três altos executivos deixaram Hempel por negligência grave. Qualquer comportamento deste tipo está em conflito com os valores e a cultura de Hempel. Isso se reflete em nossas regras e políticas internas. A Hempel tem tolerância zero para práticas inadequadas. A integridade do negócio deve sempre vir em primeiro lugar”.

Em nome do Conselho de Administração e do Conselho de Administração Executivo, a Hempel gostaria de pedir desculpas pelo comportamento inadequado e declarar inequivocamente que não é aceitável. É um ataque direto à integridade dos clientes, cultura, valores e funcionários da Hempel.

Como resultado das investigações acima, a Hempel registrou 40 milhões de euros de despesas nas demonstrações financeiras para 2016. A Hempel fez e fará investimentos substanciais internamente e externamente para evitar problemas de conformidade ou qualquer coisa semelhante venha a acontecer no futuro.

Esses investimentos incluem:

  • Os processos internos da Hempel foram examinados e melhorados
  • A cooperação entre o Comitê de Auditoria, o Conselho de Administração Executivo e as funções de compliance da Hempel tem sido fortalecida e melhorada
  • Foi nomeado um Auditor Interno do Grupo e a Hempel irá melhorar significativamente os recursos de auditoria interna do Grupo
  • O sistema de denúncias da Hempel foi atualizado para um sistema operado externamente - conhecido como Linha Direta de Ética da Hempel - que está aberto para relatórios de funcionários, clientes, fornecedores e outros que tenham relação com a  Hempel

 "Gostaria de aproveitar esta oportunidade para dar meus sinceros agradecimentos aos funcionários por terem mantido o ímpeto. Estou orgulhoso dos fortes desempenhos que foram conseguidos e do fato de que conseguimos produzir tão bons resultados em um ano muito desafiador. Gostaria também de agradecer aos nossos clientes e parceiros de negócios pela simpatia e confiança que demonstraram em relação a Hempel ", conclui Henrik Andersen.

Mensagens-chave:

  • A Hempel continuou a fortalecer sua plataforma para o crescimento futuro em 2016.
  • A receita foi de 1.424 milhões de euros em 2016, um pouco menor do que um recorde em 2015.
  • A margem EBITDA de 13,2% foi alta, apesar do crescimento orgânico negativo de 4,5%.
  • A conversão de caixa de 162 por cento foi quase o dobro em 2015 e a mais forte em 10 anos, o que levou a uma redução da dívida líquida de 56 por cento (119 milhões de euros até ao final de 2016).
  • Problemas de conformidade envolvendo práticas inadequadas foram descobertos na Alemanha. Eles são um ataque direto à integridade dos clientes, cultura, valores e funcionários da Hempel.
  • O Conselho de Administração e o Conselho de Administração Executivo tomaram imediatamente o controle da situação na Alemanha e as práticas inadequadas foram imediatamente interrompidas.
  • A Hempel decidiu imediatamente lançar suas próprias investigações de conformidade completas em outras jurisdições relevantes em todo o mundo no Grupo Hempel com a assistência de consultores externos.
  • Como consequência das questões de conformidade, um total de sete funcionários na Alemanha e três altos executivos de outras jurisdições deixaram a Hempel.
  • Como resultado das investigações, a Hempel registou 40 milhões de euros de despesa nas demonstrações financeiras para 2016. A Hempel efetuou e fará investimentos substanciais internamente e externamente para evitar problemas de conformidade ou algo semelhante  aconteçam no futuro.